BLOGOSFERA OTAKU BR #3 – Eu não sabia que existia uma biografia ficcional do Kurumada

post-blogosdera

Como vocês já sabem, ou deveriam (talvez não), o Yopinando integra atualmente a iniciativa Blogosfera Otaku Br que visa unir vários blogs e sites em geral que apresentam algum tipo de conteúdo ligado a anime e mangá com intuito de manter uma colaboração mútua para a divulgação e inciativas coletivas de postagens sobre as temáticas apresentadas pelos participantes do projeto. Essa iniciativa possui uma página oficial no facebook, que os convido a visitar clicando aqui ou na imagem inicial deste post, e uma série de projetos, dentre os quais este do qual esse post faz parte. Em sumo, a ideia é uma divulgação, mensal no caso do Yopinando, de postagens de alguns dos outros blogs e sites pertencentes a iniciativa.

Como de costume, para facilitar a forma de divulgação, vou dividir as indicações em tópicos, o que também pode ser interessante para os leitores que gostam de tipos específicos de textos. Enfim,  ao som de músicas de joguinhos do Mário, vamos ao que interessa…

Textos sobre animes e mangás específicos

Esse mês não temos propriamente resenhas, mas textos, que vão um tanto além, falando sobre algumas obras específicas, e dessa vez são textos pra lá de diferentes, afinal temos uma nojeira romântica, uma novidade dos monstrinhos mais famosos do mundo e uma biografia ficcional (sim, esse termo existe e faz sentido).

O primeiro texto dessa lista que recomendo é o Meditanto no Enredo – #9 Nazo no Kanojo X: Um romance Nojento… Melhor que o seu, do Kouichi, lá para o Animes Tebane, onde vocês conhecerão um pouco mais sobre esse “babástico” e divertido anime.  Em seguida vem o texto de apresentação do Iwan lá para o blog Anime 21,  Apostas que estão dando Certo (Pokemon XY e Z),  que não é apenas uma apresentação, mas também um relato de algumas das novidades que vão fazer você pensar que essa mais recente temporada de Pokémon não é tão igual as outras assim. Por último, temos o texto do Paulo Raposo,  Eu Recomendo – Ai no Jidai: Indigo Period, para o Dollars Podcast, onde o autor nos explica o porque ele acha que nós devemos ler o mangá biográfico, porém um tanto ficcional, da vida e obra de Masami Kurumada, o senhor mangaka, com mais de 40 anos de carreira, que é reconhecido pelo mundo todo por ter criado Saint Seiya (Cavaleiros dos Zodiaco), aquele mesmo que você viu o anime quando eras novinho na manchete e que vive vendo manchetes novas sobre até hoje.

Listinhas

Listas sempre estão por aí ajudando (às vezes não) a direcionar nossas novas escolhas, ou pelo menos indicam coisas que talvez deveriamos ver.

Essa semana temos listinhas bem interessantes, a começar pelas listas do texto [Fim de Temporada] Abr’2016 – Destaques em aberturas e encerramentos!, do caro padrinho Carlírio Neto, lá para o Netoin!. Eu não concordo com os tops, mas há muitas aberturas e encerramentos interessantes citados. Já a segunda indicação de listinha vai para a do texto TOP10 Estúdios #6: Production I.G, do Robert, para o Chudoku animes. Também não concordo com tudo, aliás um dos dez animes passaria longe de qualquer lista de melhores minhas (AKurokonoBaskettchim), mas obrigado meu caro Robert por colocar Kemono Souja Erin e Serei no Moribito entre suas indicações, porque essas são duas pérolas (e o Steven!. “Só as pessoas de humor apurado entenderão essa piada”) da animação japonesa mereciam muito se tornar populares, porque excelente já são. Por último, temos uma lista (que eu concordo com tudo) escrita pelo Wesllei (O Safadon do Discord) lá para o blog Namae Wa; Trata-se da lista contida no texto Cinco Filmes e Meio – Parte 3 (Isao Takahata). Essa lista apresenta alguns dos filmes de um dos meus cineastas favoritos e que provavelmente figuram entre alguns dos melhores filmes de animação já feitos.

Matérias diferentonas

E na nossa lista de matérias diferentonas desse mês temos uma entrevista, uma análise sobre a morte nos animes, uma reflexão sobre o moe e um texto com a prévia de todas as séries da próxima temporada de anime (como eu disse, diferentonas).

O primeiro texto indicado é uma tradução feita pelo Kenji-san para o blog Você Sabia Anime de uma entrevista das mangakás Peach-Pit, autoras de Dears e Rozen Maiden, cedida para o Anime News Network. A segunda matéria diferentona que os indico trata-se do texto A morte não é igual para todos (ao menos na ficção), escrito pelo Diego lá para o blog “É só um desenho”. Aliás, eu provavelmente nunca conseguiria correr até o planeta do senhor Kaioh pelo caminho da serpente, não pela fadiga (porque se eu estivesse morto acho que não ira senti-la), mas pela preguiça de correr longas distâncias mesmo, por que essa certamente deve morrer comigo (minha maratona é correr para pegar o ônibus e eu só venço em média 50% das vezes T.T). Deixando minha derrota de lado, vamos a próxima indicação de hoje que vai para o texto da Thais para o blog Nave Bebop,  Como surgiu o Moe, e o que isso tem a dizer sobre o Japão. Um texto extremamente interessante que (se me permitem o auto jabá) me lembra o texto sobre o perigo da moeficação que fiz para o AnimePortfolio. E para terminar eu tenho que indicar o Especial: Temporada de Verão 2016 escrito pelo meu bom amigo Erick, lá para o Animecote, afinal é só a melhor lista de prévias dos animes da próxima temporada da blogosfera

EmFimÉisso

Ps.:  Quando fui indicar o texto no Nave Bebop, eu tentei pensar em uma piada relacionando Nave e os discursos motivadores do apresentador Pedro Bial, mas não saiu nada. Então desculpem a falta de humor apurado e leiam os textos indicados que são bons mesmo.